Buscar
  • Vitor Inglez

DE TOMMASO. DA NOSSA MESA PARA A SUA.


asxaXUAkbuaj
Dona Giuseppina e Seu Francesco de Tommaso

Saudabilidade, memória afetiva, receitas caseiras e família reunida. Estas são tradições que a De Tommaso cultiva desde sua criação, há décadas, quando Dona Carmen, começou a produzir na cozinha de sua casa os antepastos e patês típicos da Itália que a empresa leva hoje, com a mesma qualidade e cuidado de sempre, à mesa dos brasileiros.


A família De Tommaso chegou ao Brasil na década de 50, mas foi em 1986, já casada, que a terceira filha de Dona Giuseppina e Seu Francesco, teve a ideia de compartilhar as receitas herdadas da mãe e avós, já servidas com sucesso nas reuniões familiares.


Determinada, Dona Carmen cozinhava, envasava e fazia os rótulos a mão. Com seu espírito empreendedor, levou seus produtos para o antigo Depósito Normal, um empório de importados muito respeitado e, imediatamente, ganhou seu primeiro cliente, seguido do mercado Santa Luzia e do Bacco’s.


Em poucos meses, mudou-se para um espaço maior no Bom Retiro e a produção cresceu de forma surpreendente. Em cinco anos, iniciava a construção da fábrica em Santa Isabel.


Assim, nasceu a empresa alimentícia De Tommaso: produtos feitos com matéria prima de qualidade, sem conservantes, limpos, temperados e cozidos com o cuidado de uma autêntica mamma italiana para seus filhos, familiares e amigos.


Hoje, a De Tommaso ocupa uma área de 1200 m2, emprega 42 funcionários e produz 20 toneladas de antepastos e 15 de patês.


Ainda hoje, Dona Carmen vistoria constantemente a produção. Os molhos e preparos são feitos como as nonnas faziam e os ingredientes passam por uma triagem rigorosa.


A família De Tommaso ainda faz das refeições grandes eventos, preservando a cultura e as tradições de seus antepassados, presentes nos alimentos na forma como são preparados e nos “segredos” de família utilizados nas receitas.


O mundo não pode esquecer suas origens, delas vêm as histórias e a cultura. A De Tommaso coloca a tradição dentro de um pote.


12 visualizações0 comentário